13 3222-4396 - Whats:13 99650-4396 - contato@espacopeledermato.com.br

Quem é o meu dermatologista?

Quem é o meu dermatologista?

Você já se fez esta pergunta antes?

Afinal, a pele é o nosso cartão de visitas e sua saúde está diretamente relacionada ao nosso bem estar e qualidade de vida. Sentimos-nos mais felizes e confiantes quando temos uma pele bem cuidada. 

A dermatologia é a especialidade médica que cuida da PELE, o nosso maior órgão, responsável pela barreira de proteção entre nosso organismo e o meio ambiente.

O dermatologista é o médico que estudou o diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças da pele, dos pelos, das mucosas, dos cabelos e das unhas. São mais de 3.000 doenças que podem afetar a pele de crianças, adultos e idosos. O dermatologista faz o diagnóstico das doenças e orienta formas de prevenção e tratamento.

Veja algumas doenças que os dermatologistas tratam:

  • Queda de cabelos
  • Calvície
  • Hanseníase (lepra)
  • Câncer da pele
  • Micose de pele e unhas

  • Acne (espinhas)
  • Alergias
  • Vitiligo
  • Psoríase
  • Melasma (manchas na pele)

Além disto, também é o profissional capacitado para solucionar problemas estéticos e trabalhar na manutenção da beleza da pele.

O dermatologista faz tratamentos estéticos com muita seriedade e responsabilidade e entre os mais conhecidos estão: peelings químicos para tratamentos de manchas, tratamentos de rejuvenescimento a laser ou com luz intensa pulsada, aplicação de BOTOX e preenchimentos com ácido hialurônico, radiofrequência, microagulhamento, ultrassom microfocado, entre tantos outros.

Para se tornar Dermatologista é necessário percorrer um longo caminho.

  1. Estudar MEDICINA durante 6 anos.
  2. Fazer residência em DERMATOLOGIA em serviço credenciado pela Sociedade Brasileira de Dermatologia por mais 3 anos no mínimo, após passar em concorridíssima prova de seleção.

Para que um médico possa se intitular DERMATOLOGISTA é necessário que ele seja aprovado na prova de “Título de Especialista”.

Esta é anualmente elaborada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia através de um Convênio entre o Conselho Federal de Medicina (CFM), a Associação Médica Brasileira (AMB) e a Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM) (Resolução CFM 1.634/02).

Importante esclarecer, que não basta ser aprovado no referido exame para que possa se intitular dermatologista, pois, para tanto, o médico deverá obter também o Registro de Qualificação de Especialidade (RQE) junto ao Conselho Regional de Medicina do seu estado, para então, ser reconhecido como tal pelo CFM.

Assim, certifique-se de que o médico escolhido por você para cuidar de sua pele e para realizar procedimentos estéticos, seja um DERMATOLOGISTA portador do Título de Especialista, por meio da consulta no site www.sbd.org.br.

Nada melhor para você do que ter sua pele nas mãos de um médico bem capacitado, não é?