13 3222-4396 - Whats:13 99650-4396 - contato@espacopeledermato.com.br

Diga sim ao SOL, mas na medida certa!

Diga sim ao SOL, mas na medida certa!

A pele é o maior órgão do corpo humano, cuja principal função é a barreira entre o organismo e o meio externo. É o órgão que mais sofre com os efeitos ambientais. 

Dentre os diversos agentes ambientais que interagem com a pele, certamente o SOL é o mais importante, pois suas radiações têm efeitos tanto benéficos (produção de vitamina D) quanto maléficos (cânceres de pele e envelhecimento) sobre a pele.

O Brasil é um dos países com maior insolação do mundo, recebendo o sol em angulação de 90 graus durante o verão, o que dá altíssimos índices de radiação ultravioleta.

O SOL emite três tipos de radiação: ultravioleta (10%), luz visível (40%) e infravermelha (50%).

A radiação ultravioleta é a mais conhecida e a responsável pela maior parte dos danos do Sol. São três tipos de radiação ultravioleta (UV): A, B, C.

Por isto o tema da fotoproteção é tão importante!

O que é fotoproteção ?

Conjunto de medidas para reduzir a exposição ao sol a fim de prevenir o dano solar agudo (queimaduras solares) e crônico (câncer de pele, fotoenvelhecimento ). São elas:

  • Evitar exposição solar das 10 às 15 horas.
  • Uso de chapéus, roupas de proteção e óculos de sol.
  • Uso de filtros solares com proteção solar para UVB e UVA, com FPS 30 no mínimo e reaplicações a cada 2-3 horas.

Como atuam os filtros solares?

Atuam por mecanismos de reflexão, dispersão e absorção da radiação que incide na pele, evitando assim que a radiação atinja a pele. Os filtros podem ser físicos, químicos, ou mistos. Os filtros físicos refletem a radiação e os químicos a absorvem, minimizando a ação da radiação na pele. A maior parte dos filtros é mista.

Como aplicar o filtro solar corretamente?

O filtro solar para ter maior durabilidade deve ser aplicado em quantidade adequada e com reaplicação periódica a cada 2-3 horas ou após longos períodos de imersão na água, ou intensa sudorese.

 A primeira aplicação deve ser feita 15 minutos antes da exposição e de preferência sem roupa. Deve ser feita de forma abundante, de preferência em dupla camada, ou seja, aplica-se em todo o corpo como se fosse um hidratante e em seguida reaplica-se uma segunda camada imediatamente. Outra opção seria seguir a regra da colher de chá conforme a ilustração abaixo, já publicada na revista Veja:

01

Como deve ser feita a fotoproteção no esporte?

O esportista está sujeito a considerável dose de radiação solar e necessita de medidas fotoprotetoras específicas:

  • Uso de roupas protetoras, com tecidos com FPS ou tecidos escuros, chapéus e óculos de sol devem ser incentivadas.
  • Uso de filtros solares com alto valor de FPS, se possível FPS > 50 com proteção para UVB e UVA (amplo espectro) e resistentes à água.
  • Filtros solares em cremes mais espessos ou em bastão são interessantes para face por reduzirem a queixa de ardência nos olhos.
  • Recomenda-se evitar realização de atividades esportivas entre 10-15 horas.